Imagem capa - COMO MINIMIZAR OS IMPACTOS NOS NEGÓCIOS CAUSADOS PELA COVID-19 por Karolini Bride
NegóciosEmpresa

COMO MINIMIZAR OS IMPACTOS NOS NEGÓCIOS CAUSADOS PELA COVID-19

Com a atual pandemia, empresários e profissionais autonômos estão preocupados em como lidar com os prejuízos e dificuldades que a situação vem causando em seus negócios. Trago algumas dicas gestão de crise (ou como gosto de chamar CoronaCrise):


  • Dê preferência para manter os clientes que você já tem

Este pode ser um bom momento para diminuir ou até pausar todas as suas campanhas de prospecção de clientes e focar todas as suas energias na RETENÇÃO. Em um momento de crise, não perder clientes é muito mais importante do que ganhar.


  • Planeje, se organize e tenha foco

Essas são palavras chaves para passar por uma crise. Você precisa planejar suas ações e avaliar todos os cenários. Nada sai do papel sem que tenha sido validado dentro de um planejamento antes, costumo sempre reafirmar essa importância.


  • Lucrar não é o mais importante agora

A primeira coisa que o empreendedor tem que ter em mente é que não é a hora para ganhar dinheiro. A gestão de crise foca em diminuir os prejuízos. Qualquer tentativa de lucrar com o tema podem ser mal interpretados.


  • Tenha certeza

Seja cuidadoso, você não precisa necessariamente falar sobre a doença só porque todo mundo está falando. Se não tem muita certeza dos fatos, talvez seja melhor evitar.


  • Faça o que estiver ao seu alcance

Redução de times e horas trabalhadas, aumento do rigor na higienização do ambiente de trabalho, adoção de home office, criação de canais de informação e disponibilização gratuita de serviços de comunicação são algumas das medidas tomadas por muitas empresas diante da expansão do Coronavírus pelo mundo.


  • Reduza a burocracia dos processos internos

Especialmente em grandes empresas, longas listas de documentos e tarefas são muito comuns. Isso não significa que essas etapas sejam desnecessárias, mas em virtude de uma crise como essa, aumentar a agilidade nos processos internos abrindo mão de algumas exigências é muito importante.


  • Use a tecnologia para evitar o contato entre as pessoas

Se as videoconferências ainda não são utilizadas em seu negócio, esse é o momento de começar a se beneficiar dessa tecnologia. Atualmente existem diversas plataformas de comunicação eficazes, algumas com recursos exclusivos para empresas.


  • Seja flexível e aberto à negociações

Em questão de semanas, o cenário de medo e incerteza provocado pelo Coronavírus deixou de ser um evento internacional distante e passou a mudar radicalmente a vida de milhões de brasileiros.

Isso significa que ninguém estava realmente preparado para uma situação como essa e, por isso, é fundamental tratar com a devida compreensão os eventuais cancelamentos, atrasos e quebras de contrato que ocorrerão em virtude da pandemia.

Algumas companhias áreas internacionais, por exemplo, estão permitindo o cancelamento ou reagendamento de vôos sem cobrar taxas e custos adicionais.


  • Ajuste a sua linguagem para a seriedade que o momento exige

Esse não é o momento para humor ou sarcasmo na comunicação corporativa. As pessoas estão apreensivas e a mínima percepção de desprezo ou despreocupação com a situação pode afetar severamente a reputação da sua marca.


  • Seja claro e objetivo

A população está sendo bombardeada com noticiários e conteúdos sobre o Coronavírus e, portanto, se você deseja continuar capturando a atenção das pessoas, precisará ser o mais claro e direto em suas mensagens, artigos, mídias e campanhas.


  • Use conteúdos leves com cautela e mantenha sua estratégia

Pode ser positivo publicar conteúdos leves em meio à enorme onda de noticiários sobre casos suspeitos e mortes. Entretanto, esses materiais devem ser divulgados com parcimônia e o ideal é que não tenham nenhuma relação com a pandemia. Continue com a estratégia de Marketing de Conteúdo, afinal, o mundo não parou. As pessoas ainda têm suas tarefas e problemas cotidianos e coisas boas continuam acontecendo.

Sendo assim, mantenha a sua equipe e sua audiência engajadas com boas dicas, histórias e informações relevantes.

Mesmo diante da expansão do Coronavírus nos Estados Unidos, a Apple, por exemplo, não deixou de publicar um material especial em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, e a repercussão foi incrível.


  • Tudo passa!

Inevitavelmente, algumas organizações serão mais impactadas do que outras e, em meio à situação, ninguém sabe exatamente o que acontecerá nas próximas semanas ou meses.


O que podemos afirmar é que muitas empresas terão de repensar seus modelos de negócio, o que já acontece nos setores mais afetados.


As decisões, portanto, devem ser tomadas paulatinamente, de acordo com os dados e orientações apresentadas pelos canais oficiais responsáveis pelo controle da doença ― nesse caso a OMS e o Ministério da Saúde do Brasil.


Felizmente, a expectativa é que todo o caos provocado pelo Coronavírus chegue ao fim em alguns meses. Lembre-se que essa não é a primeira pandemia que enfrentamos, embora tenhamos muito o que aprender com ela.


O mais importante agora é todos fazerem a sua parte ― governos, entidades, empresas, profissionais e cidadãos em geral ― para que tudo se resolva o mais rápido possível.


Que tal continuar aprendendo mais sobre assunto? Tem mais conteúdo nas minhas redes sociais, te espero por lá!